Governo de SP vai investir R$ 16 bilhões em transportes

Portella anuncia criação do Expresso Guarulhos, que vai ligar centro ao aeroporto

Agencia Estado

03 Julho 2007 | 15h29

O secretário estadual dos Transportes Metropolitanos, José Luiz Portella Pereira, vai anunciar nesta terça-feira, 3, o investimento de R$ 16 bilhões no sistema metroviário (R$ 9 bilhões), ferroviário (R$ 6 bilhões) e rodoviário (R$ 1,2 bilhão) nas três regiões metropolitanas do Estado (São Paulo, Campinas e Baixada Santista). O anúncio deve ser feito às 14 horas na Federação das Indústrias das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). O principal projeto é o Expresso Guarulhos que sairá da Estação Brás e destino final no Parque Cecap (Zezinho Magalhães), próximo do Aeroporto Internacional de São Paulo, em Cumbica. O Expresso Guarulhos terá tarifa compatível à praticada pela CPTM, R$ 2,30, e tem demanda projetada inicialmente para 100 mil pessoas por dia e, futuramente, 200 mil. O expresso seguirá direto para Cumbica com movimentação inicial prevista de 20 mil passageiros por dia, que poderá subir para 39 mil após a conclusão da ampliação do terminal de Cumbica. O investimento previstos para essas duas linhas é de R$ 1,75 bilhão, com início das operações previsto para 2010. O percurso de 27 quilômetros será feito em 15 minutos pelo trem, que chegará a uma velocidade máxima de 100 quilômetros por hora.

Mais conteúdo sobre:
Expresso Guarulhos transporte público

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.