Governo deve editar nova MP liberando R$ 372 milhões para SC

Medida Provisória pretende destinar mais recursos e dar benefícios tributários às empresas da região

Fabio Graner, da Agência Estado,

09 de dezembro de 2008 | 17h04

O governo deve evitar uma nova medida provisória liberando R$ 372 milhões para Santa Catarina, segundo afirmou no fim da tarde desta terça-feira, 9, o governador Luiz Henrique. Segundo o deputado federal Carlito Merss (PT-SC), essa MP deve disponibilizar mais recursos para o Estado, além de possivelmente ter medidas tributárias para ajudar as empresas da região    Veja também: Saiba como ajudar as vítimas das chuvas IML divulga lista de vítimas identificadas Repórteres relatam deslizamento em Ilhota  Mulher fala da perda de parentes em SC Tragédia em Santa Catarina  Blog: envie seu relato sobre as chuvas  Veja galeria de fotos dos estragos em SC   Tudo sobre as vítimas das chuvas           O deputado informou que o governador de Santa Catarina, Luiz Henrique da Silveira, disse que vai prorrogar o prazo de recolhimento do ICMS para os atingidos pelas fortes chuvas no Estado. O deputado relatou que estão sendo discutidas medidas para as pequenas empresas, como prorrogação do recolhimento do Simples, e também há uma força tarefa analisando a possibilidade de acelerar a devolução de créditos tributários para as empresas da região atingida.   Segundo Merss, a nova MP deve ser publicada na quinta-feira, 10, e agora estão sendo acertados os detalhes técnicos. O deputado, que participou de encontro do governador de Santa Catarina com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, brincou com a celeridade da publicação da medida: "Esse governo é capeta meu", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.