Governo deve prorrogar prazo de campanha de desarmamento

O secretário nacional de Segurança Pública, Luiz Fernando Correa, anunciou nesta manhã que o governo está negociando recursos para prorrogar a campanha de desarmamento por mais seis meses. Até agora já foram recolhidas cerca de 200 mil armas e a campanha terminará no dia 20 de dezembro.Correa e o ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, participam nesta quinta-feira da cerimônia de destruição de 10.500 armas, em frente ao Memorial JK, em Brasília.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.