Governo do Rio pode transferir Beira-Mar para os EUA

A Secretaria de Segurança Pública do Estado do Rio de Janeiro estuda a transferência provisória do traficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar para os Estados Unidos, onde ele responde a processos por associação com o tráfico de drogas na Colômbia. O secretário Roberto Aguiar participou, com representantes do consulado americano no Rio, de reunião preparatória para encontro em que tratará do assunto com a embaixadora dos EUA, Donna Hrinak. A conversa deve acontecer ainda este mês. Por ser brasileiro e ter filhos brasileiros, uma extradição do traficante dificilmente será autorizada.

Agencia Estado,

03 de outubro de 2002 | 11h52

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.