Governo libera R$ 17, 6 milhões para trens urbanos do RS

A Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre S.A (Trensurb) anunciou que investirá, em 2004, R$ 17,6 milhões, já liberados pelo Ministério das Cidades. Segundo a direção da estatal, a distribuição dos recursos obedecerá às diretrizes do Planejamento Estratégico e Participativo, elaborado pela empresa no ano passado, que contou com a participação de mais de 70% dos 1.123 funcionários.Entre as prioridades estabelecidas para os investimentos, segundo informa a Agência Brasil, destacam-se a implantação de ar condicionado nos trens (R$ 1,3 milhão); a ampliação da capacidade de manutenção (R$ 270 mil); melhorias na infra-estrutura dos terminais de integração (R$ 225 mil); implantação de sistema de gestão ambiental (R$ 80 mil); e a implantação do sistema de bilhetagem eletrônica (R$ 7,31 milhões). "Pela primeira vez na história da Trensurb, a discussão sobre os investimentos envolveu seus trabalhadores, os chefes egerentes, e o resultado foi extremamente compensador", disse o presidente da Trensurb, Marco Maia, ao comemorar o sucessodo primeiro ano de um planejamento participativo na empresa, vinculada ao Ministério das Cidades.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.