Governo licita demolição do Complexo do Carandiru

O edital de licitação de empresasinteressadas em realizar a demolição do Complexo do Carandiru,entre os meses de abril e maio, foi publicado nesta terça-feira, no DiárioOficial do Estado. O secretário de Governo e Gestão Estratégica,Dalmo Nogueira, é o responsável pelos detalhes administrativos ejurídicos da demolição de oito edificações da Casa de Detenção -por processo de implosão. A área a ser demolida compreende cerca de 200 mil metrosquadrados, entre as Avenidas Cruzeiro do Sul e Ataliba Leonel,na zona norte da capital. Será mantida intocada uma área verde,considerada reserva de mata atlântica. A demolição combinará explosivos e meios mecanizadosconvencionais, para permitir o arrasamento rápido e garantir omínimo possível de transtornos aos vizinhos. De acordo com oedital, a área deverá ser entregue completamente limpa, comentulhos esmagados, acomodados, estabilizados e adensados,pronta para a execução do projeto de reurbanização previsto.

Agencia Estado,

22 de janeiro de 2002 | 23h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.