Governo nomeia sete diretores para o Dnit

Depois de denúncias e mais de 20 demissões, nomes dos novos dirigentes do órgão serão confirmados hoje

Rafael Moraes Moura / BRASÍLIA, O Estado de S.Paulo

05 Agosto 2011 | 00h00

O Diário Oficial da União de hoje publica as indicações da presidente Dilma Rousseff para a composição da diretoria do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).

De acordo com informações do Planalto, são sete nomes: Jorge Ernesto Pinto Fraxe (diretor-geral), Tarcísio Gomes de Freitas (diretor executivo), Mário Dirani (diretor de Infraestrutura Ferroviária), Roger da Silva Pêgas (diretor de Infraestrutura Rodoviária), Paulo de Tarso Cancela Campolina de Oliveira (diretor de Administração e Finanças), José Florentino Caixeta (diretor de Planejamento e Pesquisa) e Adão Magnus Marcondes Proença (diretor de Infraestrutura Aquaviária).

Ontem, o governo chegou a nomear "em caráter excepcional e transitório" três novos diretores, que ficaram menos de 24 horas no cargo: Luiz Heleno Albuquerque Filho (diretoria executiva); Eloi Angelo Palma Filho (diretoria de Infraestrutura Rodoviária); e Marcelo Almeida Pinheiro Chagas (diretoria de Infraestrutura Ferroviária). Todos funcionários de carreira do próprio Dnit.

A autarquia alega que, a partir de agora, haverá quórum para a diretoria tomar decisões administrativas. A última reunião havia ocorrido em 12 de julho.

No mês passado, o Dnit foi alvo de uma série de denúncias de corrupção, que levaram à queda do então ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, e à demissão de mais de 20 funcionários.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.