Governo vai construir presídio vertical em São Paulo

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), disse nesta terça-feira que vai construir na capital um presídio vertical de três andares num dos terrenos obtidos pelo governo na parceria com a Prefeitura. De acordo com o governador, para a construção de um Centro de Detenção Provisória (CDP) o terreno deve ter, pelo menos, 10 mil metros quadrados. "Como o terreno cedido pelo Município não tem a metragem adequada seremos obrigados a construir um presídio vertical", adiantou. Entre as cadeias paulistas, somente os pavilhões da Casa de Detenção apresentam mais de dois andares. Alckmin declarou que espera criar até o fim do mandato 45 mil vagas no sistema carcerário."Quando o governador Mário Covas assumiu o governo pela primeira vez, os presos eram 55 mil em todo o Estado. Hoje, encontramos 95 mil e até o fim do ano chegaremos a 100 mil."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.