Gráfica deve perder autonomia financeira

SENADO

, O Estado de S.Paulo

09 de abril de 2010 | 00h00

O Centro Gráfico e a Secretaria Especial de Informática (Prodasen) do Senado devem perder a autonomia financeira e orçamentária. A partir da aprovação - que ainda precisa ser referendada pelo plenário da Casa - compras e contratações só poderão ser feitas com o aval de diretores. A medida não significa corte de gastos ou de pessoal. Todos os orçamentos da Casa serão unificados em conta única.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.