Gráficos fazem manifestação contra atitude de Kassab

Cerca de 30 pessoas realizaram uma manifestação nesta terça-feira, na Avenida Indianópolis, na zona sul de São Paulo, em repúdio à atitude do prefeito Gilberto Kassab (PFL) que expulsou o autônomo Kaiser Paiva Celestino da Silva de uma unidade de saúde, em Pirituba. O ato foi organizado por uma empresa de impressão gráfica. Os manifestantes, que seriam funcionários da empresa, carregaram faixas e usaram um carro de som para criticar a ação do prefeito. Algumas faixas foram instaladas no Viaduto República Árabe Síria sob a Avenida Rubem Berta, com as seguintes frases: "Sr. Kassab, Cidadão paulistano é vagabundo? Quem votou no Kassab?"; "Sr. Kassab, quem ofende funcionário público é punido por lei". De acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) e a Polícia Militar, o protesto foi pacífico e não atrapalhou o trânsito na região. Na segunda-feira, Kassab se irritou com o autônomo Kaiser da Silva, que protestava contra a Lei Cidade Limpa, na porta da unidade de Assistência Médica Ambulatorial (AMA) Pereira Barreto, no Jardim São José, zona norte. ?Sai, sai daqui! Vagabundo! Vagabundo!? Foi dessa forma que Kassab, correu atrás de Kaiser e o expulsou aos berros e empurrões. Kaiser estava com o filho, de 7 anos.

Agencia Estado,

06 Fevereiro 2007 | 13h53

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.