Granada da 2ª Guerra é encontrada em Mongaguá

A localização de uma granada da Segunda Guerra Mundial, ainda com pino e pólvora, no interior de uma residência, no centro de Mongaguá, levou a Polícia a acionar o Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate), da capital, que chegou ao município por volta do meio-dia. O artefato foi encontrado por uma dona de casa, que remexia os pertences do sogro, recentemente falecido. A mulher, não identificada, contou aos policiais que o sogro integrou a Força Expedicionária Brasileira (FEB) e que teria guardado a granada como recordação. Apesar do medo de uma eventual explosão, o artefato não apresentava mais qualquer risco, porque estava desativado, segundo informou o soldado Alves, do Gate.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.