Granada é encontrada em jardim de prédio após tiroteio no Rio

Local está isolado pela PM; prédio fica perto da Ladeira dos Tabajaras, onde houve intenso tiroteio na segunda

Pedro Dantas, O Estado de S. Paulo

24 de março de 2009 | 12h46

O jardineiro de um prédio de luxo na Fonte da Saudade, na zona sul do Rio, encontrou na manhã desta terça-feira, 24, uma granada no jardim do condomínio. A Polícia Militar (PM) isolou o local, na Rua Casuarina n.º 100, perto de onde fora travado intenso tiroteio entre policiais e traficantes que haviam invadido a favela da Ladeira dos Tabajaras, em Copacabana, do outro lado do Morro dos Cabritos.

 

Veja também:

linkPoliciamento é reforçado após tiroteio na Ladeira dos Tabajaras 

 

O Comando do 2.º Batalhão da PM informou que, como a granada está de cabeça para baixo, é impossível precisar se o artefato já foi detonado. O Esquadrão Anti-Bombas da Polícia Civil foi acionado. A PM anunciou também que descobriu um acampamento usado por traficantes na mata próxima à Rua Sacopã, no mesmo bairro, onde foram encontradas munição, roupas e galões de água.

 

Policiamento

 

Policiais do 17.º Batalhão da PM, na Ilha do Governador, apreenderam no começo desta tarde, durante patrulhamento na Favela do Guarabu, um morteiro M60, de uso exclusivo das Forças Armadas. Segundo a assessoria da PM, foram apreendidos também três coletes a prova de balas, três rádios transmissores, uma espingarda, uma carabina calibre 32 e cerca de sete quilos de maconha. Ninguém foi preso.

 

(Com Solange Spigliatti, do estadao.com.br)

 

Atualizado às 14 horas para acréscimo de informações.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.