Divulgação/Corpo de Bombeiros
Divulgação/Corpo de Bombeiros

Granizo destelha 1.400 casas e deixa 2 feridos no PR

Cerca de 50 pessoas estão desalojadas e 50, desabrigadas

Wladimir D'Andrade,

25 de junho de 2011 | 14h53

Uma chuva de granizo ocorrida na madrugada deste sábado, 25, provocou avarias em aproximadamente 1.400 casas e deixou dois feridos nas cidades de Capanema e Capitão Leônidas Marques, no sudoeste do Paraná. De acordo com o Corpo de Bombeiros Comunitário de Capanema, o temporal causou estragos em 396 residências, mas a estimativa é que esse número chegue a 700.

 

 

A corporação ainda faz o levantamento do prejuízo. Duas crianças ficaram levemente feridas após desabamento do telhado de sua casa, que não resistiu ao peso do gelo. Cerca de 50 pessoas estão desalojadas e 50, desabrigadas.

 

 

Em Capitão Leônidas Marques, o Corpo de Bombeiros informou que 1.000 casas foram afetadas. Uma equipe da corporação de Cascavel foi enviada à cidade para ajudar a avaliar os estragos e entregar lonas às famílias que tiveram o telhado de suas casas danificados. Não há desabrigados ou desalojados na cidade.

Tudo o que sabemos sobre:
Granizo, Paraná, Cidades, Geral

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.