Grávida de quadrigêmeos é assassinada em Salvador

A ambulante Márcia Alves de Souza, de 28 anos que estava grávida de quadrigêmeos, foi morta a tiros na noite de sexta-feira no bairro Sete de Abril, periferia de Salvador. O concunhado Anailton de Jesus Leite, de 25 anos, é acusado de ter cometido o crime, motivo por vingança por Márcia ter supostamente denunciado à polícia o irmão dele, Adenivan Leite, suspeito de matar a companheira Maria Glória Soares Silva, em dezembro.Márcia foi atingida por dois tiros quando telefonava de para familiares informando sobre a gravidez dos quatro bebês. Após balear a moça, Anailton teria fugido. No caminho, ao se encontrar com o namorado de Márcia, Fabrício Silva, pai dos quadrigêmeos, Anailton teria dito para ele olhar próximo ao "orelhão o que tinha feito". A 10ª Delegacia de Polícia abriu inquérito para apurar o crime e está à procura do acusado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.