Grávida de sete meses leva tiro e perde o bebê em Recife

Discussão acaba em tiroteio em bar na Grande Recife; casal está hospitalizado

Angela Lacerda, de O Estado de S. Paulo,

25 Agosto 2008 | 15h43

Grávida de sete meses, Catarina Maria do Nascimento, de 18 anos, perdeu o bebê ao ser atingida por um tiro, na madrugada desta segunda-feira, 25, no Engenho Fortaleza, município metropolitano de Ipojuca. Seu companheiro, Severino Rodrigues da Paz Filho, também levou um tiro.   Eles estavam no bar Sinuca do Ivo e, de acordo com testemunhas, foram alvejados por Cícero José de Santana, que também se encontrava no local, após uma discussão. O casal está hospitalizado, mas passa bem.   Cícero foi preso no município vizinho de Escada. Ele levou um tiro no pé, supostamente devido a uma troca de tiros com policiais militares, de acordo com o delegado de Ipojuca, Paulo Alberes. Cícero foi autuado em flagrante e será preso, depois de receber alta do Hospital Otávio de Freitas, no Recife, onde se encontra sob custódia.

Mais conteúdo sobre:
grávida baleada violência no Recife

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.