Grávida é morta dentro de carro em rodovia de SP

Uma mulher de 21 anos, grávida de quatro meses, foi assassinada no domingo dentro de seu automóvel, quando passava com a família pela rodovia Dom Pedro I, no interior paulista. O crime ocorreu no km 135, próximo ao trevo para Mogi-Mirim, por volta das 21 horas. É o segundo homicídio registrado este mês, em circunstâncias semelhantes, na rodovia.No dia 11, o empresário Rodolfo Koch foi assassinado no km 122, em Valinhos. No dia 9 do mês passado, próximo do trevo de Mogi-Mirim, a polícia encontrou três homens executados dentro de um Passat. A polícia ainda não sabe se há uma quadrilha atuando na rodovia. Koch e a jovem assassinada ontem, cuja identidade não foi divulgada pela polícia, viajavam com a família quando foram abordados por criminosos. A moça ocupava o banco do passageiro de um Gol branco, dirigido por seu marido. No banco de trás estava o filho do casal, de 1 ano e 6 meses. Eles seguiam no sentido Campinas-Jacareí e foram atacados por bandidos que estavam em um Gol verde.Os criminosos atiraram várias vezes contra o carro, que capotou na rodovia. Um dos tiros atingiu o rosto da jovem, que morreu no local. O marido recebeu pelo menos seis tiros nas costas e foi encaminhado para o Hospital das Clínicas da Unicamp onde está internado. A criança sofreu escoriações por causa do capotamento, foi atendida na Unicamp e liberada. O Gol usado pelos assassinos, roubado em Campinas, foi abandonado próximo ao local do crime.A Polícia Rodoviária não tem pistas sobre os bandidos. A polícia trabalha com as hipóteses de tentativa de roubo seguida de morte e acerto de contas, mas investiga principalmente a tentativa de assalto, como ocorreu com o empresário.

Agencia Estado,

18 de fevereiro de 2002 | 21h45

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.