Grávida foge, após 25 tiros em veículo blindado

Uma mulher identificada apenas como Cristiane, de 36 anos - grávida de 7 meses -, escapou de uma tentativa de seqüestro, ontem à tarde, na Avenida Gastão Vidigal, no Jaguaré, zona oeste de São Paulo. O veículo dela, um Vectra blindado, ficou com 25 perfurações de bala. Os bandidos fugiram e até as 23 horas ninguém havia sido preso.A vítima foi levada para um hospital da região, onde passou por uma bateria de exames. Segundo a delegada Mônica Resende Gamboa, a mulher e a criança passam bem. A grávida é proprietária de uma banca de peixes na Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais do Estado de São Paulo (Ceagesp). Ela contou à delegada que aos domingos fecha o caixa do local, sempre acompanhada por dois seguranças.Eram 14h30 quando Cristiane saiu da Ceagesp. O Vectra de Cristiane e o veículo pilotado pelos dois seguranças (outro Vectra blindado) seguiam pela Avenida Gastão Vidigal, próximo da esquina com a Rua Gonçalo Madeira, quando avistaram um caminhão parado na transversal e três homens, fora do veículo, fortemente armados. A comerciante acelerou o carro e os bandidos começaram a disparar. Segundo a delegada, nessa hora o Vectra de Cristiane raspou em uma mureta e subiu em cima de uma guia. Os bandidos continuaram atirando. Mas, segundo a polícia, a empresária só parou quando o pneu dianteiro, do lado direito, estourou. Os seguranças, que vinham logo atrás, se aproximaram - mas não trocaram tiros com os bandidos. "Eles derrubaram um dos criminosos ao esbarrar nele com o retrovisor do veículo", relatou a delegada. Os outros dois bandidos ainda tentaram sem sucesso abrir a porta do automóvel da vítima. O crime foi registrado como tentativa de roubo, mas a polícia acredita tratar-se de uma tentativa de seqüestro premeditada. "Vamos apurar o caso e amanhã recolheremos o depoimento da vítima", afirmou a delegada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.