Grávida morre depois de ser baleada na porta de casa em RS

O bebê também morreu; a polícia ainda não tem pistas sobre os criminosos

Solange Spigliatti, estadao.com.br

21 de julho de 2008 | 09h03

Carla da Silva Magnus, de 25 anos, grávida de nove meses, foi assassinada na noite de domingo, 20, em frente de casa, no bairro Sarandi, em Porto Alegre. A vítima estava em frente de casa, conversando com familiares, quando três homens chegaram ao local e dispararam vários tiros. Três deles atingiram Carla nas costas. Ela foi encaminhada para o Hospital de Pronto-socorro, mas não resistiu aos ferimentos. O bebê também morreu. A polícia ainda não tem pistas sobre os criminosos.

Tudo o que sabemos sobre:
violência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.