Gregori não crê em motivação política para atentados

O ministro da Justiça, José Gregori, disse hoje, ao visitar o edifício do Ministério da Fazenda em São Paulo, onde explodiu uma bomba na terça-feira, que no "no mínimo, há um lunático atuando em São Paulo". Para ele, "por enquanto, ainda não há nada que autorize a suposição de que este caso deva sair das paginas policiais".Gregori informou que levou um especialista em bombas de Brasília para trabalhar em conjunto com a equipe da Polícia Federal de São Paulo. ?A minha determinação é de que se vá até as últimas conseqüências para esclarecer o atentado?, disse o ministro.O Ministério da Fazenda em São Paulo está fechado hoje para o atendimento ao público e permanece apenas com expediente interno.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.