Greve da Polícia Federal tem 90% de adesão em Brasília

Cerca de 90% dos policiais federais do Distrito Federal aderiram à greve iniciada ontem como forma de protesto por uma atualização dos salários da categoria, conforme informação do presidente do Sindicato dos Policiais Federais do Distrito Federal, Fernando Honorato. Os grevistas sustentam que desempenham funções de nível superior, mas recebem salários de nível médio. Eles pretendem manter o movimento. Segundo Honorato, a paralisação atingiu setores como o especializado em emissão de passaportes. Ele afirmou que apenas os pedidos urgentes do documento foram atendidos. O presidente do sindicato contou que houve certa confusão na entrada da sededa Polícia Federal, em Brasília. O problema ocorreu entre grevistas e delegados que queriam abrir as portas do edifício à força, segundo Honorato.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.