Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Greve de ônibus em São Paulo é adiada

Acordo entre o Sindicato dos Condutores e Cobradores de Ônibus de São Paulo e o secretário dos Transportes, Carlos Zarattini, adiou por dez dias úteis a greve prometida para a manhã desta segunda-feira. Os motoristas amaeaçavam deixar a população sem ônibus entre as 3 e 7 horas. Os empregados querem turnos de 6 horas e 40 minutos contra as 7 horas já conseguidas. Amanhã a Força Sindical entra com um pedido de mandado de segurança contra a Prefeitura de São Paulo para que a administração conceda passes de vale-transporte mensais aos desempregados.

Agencia Estado,

12 de agosto de 2001 | 20h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.