Greve de rodoviários atinge moradores de 30 cidades da BA

Funcionários de duas empresas de transporte intermunicipal da cidade de Alagoinhas, a 107 quilômetros de Salvador, paralisaram as atividades por tempo indeterminado. Com a paralisação, moradores de cerca de 30 municípios baianos são atingidos pela falta dos ônibus dessas empresas.A intenção da greve das empresas Expresso Alagoinhas e Planeta é de cobrar o pagamento de salários atrasados e de garantias trabalhistas a 157 antigos trabalhadores da Catuense, empresa do mesmo grupo que foi fechada há seis meses.O diretor-executivo da Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (Agerba), Antônio Lomanto Netto, que promove a negociação entre as empresas e o sindicato dos trabalhadores, acredita que a greve deve ser encerrada após uma reunião entre as duas partes, marcada para as 17 horas desta terça-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.