Greve dos policiais civis do Rio será decidida depois do Pan

Categoria suspende a paralisação após governo retomar negociação salarial

Pedro Dantas, do Estadão

11 Julho 2007 | 18h53

Após governo retomar negociação salarial, categoria decidirá greve depois do Pan Os policiais civis do Rio decidiram nesta quarta-feira, 11, em assembléia, suspender a greve de 48 horas convocada pela categoria. De acordo com o presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Rio (Sinpol-Rio), Fernando Bandeira, a decisão ocorreu porque o governo estadual reabriu as negociações para o reescalonamento salarial, o que proporcionaria um reajuste de até 70%. "Tivemos uma reunião e decidimos dar um voto de confiança ao governo. Não queremos atrapalhar a segurança dos Jogos Pan-Americanos", explicou Bandeira. A operação padrão da polícia começou na segunda-feira, 9, e reduziu o número de policiais nas delegacias em 30%. As investigações foram interrompidas e apenas flagrantes e casos de urgência foram registrados. Uma nova assembléia dos policiais foi marcada para o dia 30 de julho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.