Grupo armado invade paiol da Base Aérea em Fortaleza

Numa ação ousada, foram levados uma pistola 9mm e quatro fuzis; até a manhã de hoje, ninguém havia sido preso

Carmen Pompeu, especial, O Estado de S.Paulo

21 Maio 2016 | 09h55

FORTALEZA  - Um grupo armado invadiu, ontem à noite, o paiol da Base Aérea, em Fortaleza. Numa ação ousada, foram levados pelos bandidos três fuzis, uma pistola e dois carregadores. Até a manhã de hoje, ninguém havia sido preso. 

De acordo com a polícia, tudo ocorreu por volta das 21 horas. Sentinelas que faziam a guarda do local foram rendidos. Suspeita-se que os ladrões receberam ajuda de soldados da corporação, pois sabiam exatamente o local onde estavam as armas. Dois soldados estão detidos por suspeita de envolvimento. A polícia abriu um inquérito para apurar o caso. 

Os bandidos fugiram em dois carros, um deles um Renault Logan, que havia sido roubado nas imediações da Base Aérea. No veículo, havia um celular, que possibilitou o rastreamento pela Polícia. O carro foi localizado por volta fãs 23 horas, abandonado no Conjunto Miguel Arraes. O material roubado ainda não foi recuperado.

Mais conteúdo sobre:
Assalto Fortaleza Aeronáutica

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.