Grupo é apanhando quando ia soltar balão de 30 metros

Durante os preparativos para soltar um balão de 30 metros de altura, ontem à noite, na área de lazer Campo da Paz, no bairro Paraíso, na periferia de Guarulhos, próximo ao Aeroporto Internacional de Cumbica, cinco baloeiros foram surpreendidos pelos policiais do 15º BPMM. Para os policiais militares trata-se de um grupo de baloeiros profissionais. Eles contam que um telefonema anônimo para a base do bairro Taboão, os informou de que traficantes estariam em ação naquele local. Ao chegar, encontraram o grupo montando a cangalha gigantesca com um plástico especial, uma grande quantidade de fogos de artifício e pólvora para preparar bombas.Apesar de preparar um balão para ser soltar não ser crime, os policiais lembram que há muita rivalidade entre grupos de baloeiros, algumas das quais resultam em confrontos e até mortes, além de acidentes que também resultam em várias vítimas fatais, como aconteceu com a explosão da cangalha, dentro do quarto dos fundos de uma residência. Há também o perigo de incêndio com a queda dos balões em postos de gasolina, matas e residências.O grupo foi levado à sede do batalhão onde foi lavrado um termo circunstanciado. Os cinco deverão comparecer espontaneamente ao Fórum. Caso contrário podem receber voz de prisão por desobediência.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.