Grupo encontra indícios de tortura na Febem Tatuapé

Um grupo de 27 conselheiros tutelares constataram indícios de maus tratos e tortura em duas unidades da Febem Tatuapé, na zona Leste de São Paulo. Em uma vistoria realizada hoje no local, o grupo ouviu a maioria dos 206 adolescentes detidos nas unidades, e vão enviar uma representação ao Ministério Público Estadual na próxima quinta-feira, com cópia para a Comissão de Direitos Humanos da seção paulista da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-SP).Segundo a conselheira Marina de Couto Onofre, os adolescentes disseram que são torturados e colocados em solitárias pelos monitores, e denunciaram que estes chegam para o trabalho freqüentemente drogados e alcoolizados. As informações são do site da Globo News.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.