Werther Santana/AE
Werther Santana/AE

Grupo especializado em arrombar caixas eletrônicos é alvo de operação no DF, SC e RJ

Operação Fire cumpre nove mandados de prisão temporária

Bibiana Borba, O Estado de S.Paulo

20 Outubro 2017 | 11h07

Uma quadrilha apontada como responsável por ao menos três ataques a caixas eletrônicos é desarticulada pela Polícia Civil do Distrito Federal nesta sexta-feira, 20. A operação Fire cumpre nove mandados de prisão temporária e dez de busca e apreensão em endereços no Distrito Federal, Santa Catarina e Rio de Janeiro. Até em torno das 11 horas da manhã, quatro pessoas haviam sido presas.

+++ Megaoperação contra pedofilia prende ao menos 80 em 24 Estados e DF

Os três furtos investigados ocorreram em abril deste ano em cidades próximas a Brasília, segundo o delegado Fernando César Costa, chefe da Delegacia de Repressão a Roubos e Furtos (DRF). O grupo lucrou cerca de R$ 120 mil nas ações.

+++ Tiroteio deixa três feridos em parque de diversões no Rio

Eles ainda planejavam atacar agências bancárias nos Estados de Goiás, Bahia e na Capital federal, conforme a investigação. Durante as buscas, os policiais também apreenderam cocaína e ferramentas usadas para arrombar os caixas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.