Grupo invade banco e mantém reféns na zona leste de SP

Três homens armados - um deles portando um fuzil - invadiram esta manhã uma agência bancária do Banespa na Avenida Rio das Pedras, altura do número 1800, na zona leste da capital. Segundo as primeiras informações da Polícia Civil, os bandidos fazem pelo menos 12 pessoas reféns. A agência bancária está completamente cercada por carros das polícias civil e militar. Equipes do Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos da Polícia Civil (Garra) estão no local e negociam a rendição dos bandidos. Quatro policiais militares do Gate arrombaram uma porta nos fundos da agência e entraram no prédio. Segundo o coronel da Polícia Militar, Leopoldo Augusto Correia, a princípio, os 12 reféns são funcionários do banco, já que o atendimento aos clientes ainda não havia começado no início da tentativa de assalto. O coronel disse que, com a chegada dos marginais, o alarme foi disparado. Ele explicou que havia uma viatura da PM nas proximidades e o cerco foi feito imediatamente. O policial informou também que a rendição dos assaltantes não deve demorar e que já houve um contato com o advogado dos bandidos.Prestam apoio à ação o Grupo de Ações Táticas e Especiais (Gate), da Polícia Militar, os helicópteros Águia da PM e o Pelicano da Polícia Civil. A Avenida Rio das Pedras está interditada nos dois sentidos e o trânsito é bastante complicado e os passageiros dos ônibus tiveram de descer dos veículos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.