Grupo invade casa de câmbio, faz reféns e é preso

Dezesseis pessoas foram mantidas como reféns por cerca de uma hora e meia, hoje à tarde, durante assalto à casa de câmbio IMM Viagens e Turismo, no 27.º andar do prédio da Universidade Cândido Mendes, no centro do Rio. A ação dos criminosos - dois menores, uma jovem de 21 anos e um jovem de 22, já indiciado por duplo homicídio - provocou o isolamento de duas ruas do centro. No local, houve uma aglomeração de pelo menos mil pessoas, segundo cálculos da Polícia Militar, à espera de informações sobre o assalto. Pelo menos 60 policiais foram chamados, entre eles 15 homens do Batalhão de Operações Especiais da PM.Os quatro assaltantes estavam armados com três revólveres calibre 38 e uma pistola Glock 9 mm, aparentavam inexperiência e se renderam após negociação intermediada pelo jornalista Renato Homem, coordenador de Comunicação da Secretaria de Seguraça Pública do RJ. Apesar de teram ameaçado alguns reféns quando foram informados de que o prédio já estava cercado pela polícia, os criminosos se entregaram sem ferir ninguém.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.