Grupo invadiu prisão para resgatar presos

A Secretaria Estadual de Segurança Pública informou que 20 presos, dos 150 que fugiram hoje do Cadeião de Pinheiros, na zona oeste de São Paulo, já foram recapturados. No presidío, onde havia 400 detentos, também ocorreu um princípio de rebelião. Soldados da Polícia Militar fizeram a revista e contagem dos presos. Na ala D, foram encontrados cinco facões em poder dos presos. Segundo informações do Grupo de Operações Especiais (GOE) da Polícia Civil, a operação de resgate, no início da tarde, foi realizada por um grupo de 18 pessoas, que invadiu o cadeião para libertar os presos.Eles estavam fortemente armados e houve troca de tiros. Há marcas em um dos portões e na guarita. Em seguida, o grupo dominou funcionários e libertou os presos, que promoveram a fuga em massa. O grupo, que estava em três carros, usava roupas de policiais civis. De acordo com o GOE, após a fuga, houve o princípio de rebelião. A policia negociou com os presos e conseguiu fazer com eles voltassem às suas alas, controlando a situação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.