Guarda Civil à paisana é assassinado em Carapicuíba, na grande São Paulo

Agente estava na rua de casa, quando ocupantes de um Volkswagen Parati passaram atirando contra ele

O Estado de S. Paulo,

15 Novembro 2012 | 15h03

SÃO PAULO - Um Guarda Civil Metropolitano de Osasco foi assassinado por volta das 12h desta quinta-feira, 15, em Carapicuíba, na Região Metropolitana de São Paulo, de acordo com a Rádio CBN. O agente estava à paisana, na rua de casa, quando ocupantes de um Volkswagen Parati passaram atirando contra ele. Ele chegou a ser levado para um hospital da região, mas não resistiu aos ferimentos.

A polícia localizou o veículo usado no ataque a alguns metros do local do crime. Até às 15h desta quinta, nenhum suspeito tinha sido localizado. O caso será registrado no 1º Distrito Policial de Carapicuíba.

Mais conteúdo sobre:
Osasco ataques GCM

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.