Guarda civil é morto com a própria arma

O guarda civil municipal Hamílcar da Silva, de 37 anos, de Bebedouro, foi morto nesta madrugada com um tiro disparado por sua própria arma. A arma do guarda, usada no crime, foi levada. O delegado José Eduardo Vasconcelos disse que duas pessoas foram detidas para averiguação, mas ainda não tinha obtido informações sobre o caso, nem sobre o paradeiro da arma.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.