Guarda Civil suspeita de matar desempregado à pancada

O desempregado Wanderlei da Conceição, de 24 anos, morreu na madrugada deste sábado, vítima de parada respiratória e traumatismo craniano, em Jacareí, no interior de São Paulo.A suspeita é de que Conceição tenha sido espancado por guardas municipais, por volta das 2 horas, após invadir a guarita de entrada do Centro Médico 24 horas.Conceição teria destruído o banheiro onde se trancou. A Guarda Civil Municipal foi acionada para atender a ocorrência. Depois de arrombar a porta do banheiro, os guardas teriam espancado o desempregado na frente do estabelecimento.O coordenador da Guarda Civil de Jacareí, Cláudio Parente, disse que a vítima foi socorrida pelos guardas e levada à Santa Casa. "A acusação de espancamento não consta do boletim de ocorrência e, por isso, vamos aguardar as investigações da polícia, que irá determinar as causas dessa morte", disse Parente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.