Guarda mata chefe em base da GCM

Uma discussão dentro da base da Inspetoria Regional de Cidade Tiradentes da Guarda Civil Metropolitana (GCM), na zona leste de São Paulo, terminou em morte, por volta das 4 horas de ontem. Armado, um dos guardas civis, identificado como GCM Delmonte, teria perdido o controle numa discussão e atirado contra o superior, Davi Damião dos Santos, de 40 anos. Mesmo levado ao Hospital Municipal Carmem Prudente, onde passou por cirurgia, Damião não resistiu e morreu. O acusado foi detido na base, localizada na Avenida dos Têxteis.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.