Guarda morre após tiroteio com assaltantes em Hortolândia

O guarda municipal Epídio Amorim dos Santos Filho, de 30 anos, morreu durante perseguição a uma quadrilha de assaltantes, que havia acabado de roubar um Corsa, no Jardim Rosolém, em Hortolândia, ontem à noite. Outro guarda, Vanderlei Peixoto de Souza, de 42 anos, foi atingido no tórax, levado para o Hospital das Clínicas da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e passa bem. Um dos cinco bandidos que estava no Corsa também morreu, mas ainda não foi identificado. Os outros quatro fugiram a pé depois do confronto com os guardas municipais. Segundo a polícia, a quadrilha foi perseguida pelos policiais logo depois de assaltar o veículo. Durante a perseguição, os bandidos dispararam contra os guardas, que revidaram. Santos Filho foi atingido na boca e morreu no local. Souza recebeu um tiro de raspão no tórax, foi medicado e liberado. Nenhum dos quatro fugitivos foram identificados até agora.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.