Guarda municipal atira contra estudante em SP

Um guarda municipal atirou contra um estudante de uma escola municipal no bairro de Cidade Tiradentes, na zona leste de São Paulo. O caso aconteceu ontem, à noite, quando o aluno que jogava futebol no colégio com colegas, o que seria proibido pela direção do estabelecimento de ensino. Homens da Guarda Civil Metropolitana (GCM) foram chamados e acabaram discutindo com os jovens. Um dos guardas atirou contra o adolescente pensando que ele estivesse armado. O rapaz ficou ferido e foi levado para o Hospital Planalto, mas não corre risco de morrer. Na semana passada, guardas civis metropolitanos foram agredidos por estudantes na mesma escola.Este foi o segundo caso de violência dentro de uma escola municipal, em menos de 24 horas. Nesta terça-feira, dois alunos foram baleados num colégio no Jardim Nakamura, zona Sul da capital. Um deles, Diego Antonio da Silva, de 14 anos, morreu na hora. O outro aluno foi baleado no ombro e levado para o Hospital do Campo Limpo. Os funcionários da escola disseram que não presenciaram o crime, apenas ouviram os tiros e encontraram os dois alunos baleados atrás de uma sala de aula.Pela manhã, a prefeita Marta Suplicy visitou o colégio e afirmou que poderia rever a atuação da Guarda Civil Metropolitana (GCM) na área do colégio onde os estudantes foram baleados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.