AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

Guarda Municipal frustra seqüestro em SP

Graças a uma denúncia anônima, guardas municipais da base de Vila Prudente, região Sudeste da capital paulista, conseguiram frustrar o seqüestro de Rosemar dos Santos Aquino, de 20 anos, administradora de uma rede de postos de combustíveis. A vítima foi abordada na noite de ontem quando chegava em sua residência, no Jardim Sapopemba, situado a zona Leste. A jovem foi rendida por dois homens que ocupavam um Monza preto. Os bandidos vedaram os olhos de Rosemar e a colocaram em um outro carro, para despistar a polícia. A intenção deles era manter Rosemar em um cativeiro, no Jardim Santo André, também na zona Leste, até o amanhecer desta segunda-feira, quando iriam com ela à central administrativa da rede de postos para retirar o dinheiro do cofre.Testemunhas da ação dos seqüestradores comunicaram o ocorrido e passaram as placas dos carros a uma equipe da Guarda Municipal que fazia patrulhamento no Jardim Sapopemba. Minutos depois, na Avenida Sapopemba, os guardas localizaram o Monza preto, onde estavam Edwaldo Nascimento Pereira, 26, que dirigia o carro, e Damião Soares Batista, 22. A dupla não portava arma alguma, mas tinha em poder um aparelho celular, por meio do qual ligaram para os demais comparsas, avisando sobre a prisão deles. Os outros bandidos, que já mantinham Rosemar no cativeiro, fugiram e soltaram a vítima. A polícia ainda não tem pistas sobre os demais seqüestradores, mas sabe, por meio do depoimento de Rosemar, que o resto da quadrilha estaria em um Corsa verde. O caso foi registrado no plantão do 69º Distrito Policial, de Teotônio Vilela, na zona Leste da capital paulista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.