Guarda tenta se matar após atirar contra ex-namorada e sogra

Ex-sogra do atirador morreu e ex-namorada está em estado grave; autor dos disparos passará por cirurgia

Solange Spigliatti, do estadão.com.br,

05 de dezembro de 2007 | 09h42

O guarda municipal Anderson Lúcio da Silva, de 32 anos, atirou contra a ex-namorada e a mãe dela na noite de terça-feira, 4, e tentou se matar em seguida. O crime aconteceu na casa das vítimas, no bairro de Aparecida, em Belo Horizonte.   Baleada no pescoço e no braço, Maria Auxiliadora Alves Pereira, de 54 anos, mãe da jornalista Tatiana Angélica, de 25 anos, morreu na hora. Tatiana foi atingida no peito e levada para o pronto-socorro João XXIII, em estado grave.   Anderson atirou duas vezes contra o peito e foi encaminhado para o Hospital Odilon Peres e passará por cirurgia na manhã desta quarta-feira, 5, para a retirada das balas.

Tudo o que sabemos sobre:
crimeBelo Horizonte

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.