Habeas corpus de goleiro Bruno será julgado na próxima semana

Relator do processo pediu vista para analisar melhor o caso; decisão deverá ocorrer na próxima quarta-feira

Marcela Gonsalves, Central de Notícias

06 Abril 2011 | 16h04

SÃO PAULO - O julgamento do habeas corpus do goleiro Bruno Fernandes, acusado de envolvimento na morte de sua ex-namorada, Eliza Samudio, foi adiado para a próxima semana. Nesta quarta-feira, 6, o relator do processo fez um pedido de vista após ouvir as informações apresentadas pelo advogado do goleiro em sua sustentação oral.

 

O caso será analisado ao longo dos próximos dias e a 4ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais se reúne novamente na quarta-feira, 13, para decidir se concederá ou não o habeas corpus.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.