Haddad promete colocar alvarás de baladas na internet

Em entrevista coletiva, prefeito de SP se comprometeu a colocar sistema para cidadãos consultarem documentos pela internet

Bruno Ribeiro, O Estado de S.Paulo

30 de janeiro de 2013 | 10h52

Após o 'Estado' revelar que ao menos nove baladas famosas de São Paulo funcionam sem alvará de funcionamento, o prefeito Fernando Haddad (PT) afirmou em entrevista coletiva nesta quarta-feira, 30, que vai colocar na internet um sistema para que os cidadãos possam consultar esses documentos.

Atualmente, usuários têm acesso online aos alvarás relativos a novas obras ou reformas, mas não aos que atestam que locais de reunião com capacidade para mais de 250 pessoas, como baladas, igrejas ou centros de eventos, estão em condições regulares de funcionamento.

Segundo o prefeito, um pedido para a Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação (Prodam) foi feito para começar a elaborar o novo sistema e fazer um levantamento de todos esses locais. Além disso, ele afirmou que vai definir, em conjunto com empresários do setor, mudanças de procedimento para agilizar o processo de obtenção de alvarás e diminuir a burocracia. Essa é a grande queixa dos donos de baladas sem a licença de funcionamento ouvidos nessa terça-feira pela reportagem.

Mais conteúdo sobre:
SANTA MARIAKissalvarás

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.