Hans Christian Andersen será tema da Imperatriz em 2005

O escritor dinamarquês Hans Christian Andersen será o enredo da escola de samba Imperatriz Leopondinense em 2005 e o desfile dará início às comemorações dos 200 anos de nascimento do autor dos contos infantis como O Patinho Feio e A Pequena Sereia. O anúncio foi feito hoje pelo presidente da Câmara de Comércio dinamarquesa/brasileira, Jens Olesen, pelo presidente da agremiação, Vagner Tavares e pela carnavalesca Rosa Magalhães.Olesen adiantou que a Dinamarca vai investir entre R$ 3 milhões e R$ 4 milhões nas comemorações brasileiras, mas não precisou quanto a Imperatriz receberá. Tavares, disse que o carnaval de 2004 custou R$ 2,5 milhões e o próximo deve ser calculado acima disso. Desde 1995, quando o então governador Tasso Jereissati, financiou um enredo sobre o Ceará, a agremiação tem desfiles patrocinados.A carnavalesca Rosa Magalhães confessou que ainda não tem idéia de como vai abordar a obra e a vida de Andersen, considerado o pai do conto infantil, mas lembrou que suas histórias têm muito mais profundidade que aparentam. Rosa conviveu com a arte voltada para crianças porque sua mãe, a escritora Lúcia Benedetti, foi pioneira do teatro infantil no Brasil, nos anos 40 e 50.Ainda este mês, ela viaja para a Dinamarca para conhecer a cidade Natal de Andersen, Odense, e os lugares onde ele esteve. "Em um mês e meio terei o enredo desenvolvido para os compositores trabalharem no samba enredo", prometeu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.