Hare baba, Hebe!

Tutty Vasques escreve todos os dias no portal Estadao.com.br, de terça a sábado neste caderno e aos domingos no caderno Aliás

Tutty Vasques, O Estadao de S.Paulo

13 de março de 2009 | 00h00

A notícia sobre o pênis de borracha da Hebe Camargo desaparecido na noite de seu aniversário me fez lembrar o sumiço do escarpin da namorada do Wando num camarote da Sapucaí, há uns 15 carnavais, quando esse tipo de molecagem era pinto perto do que a gente vê hoje em dia por aí. O roubo do pênis de borracha da Hebe é um sinal dos tempos! Na última vez que a apresentadora deu uma festa, em abril de 2008, levaram joias de sua casa. Coisa que, naturalmente, é muito mais grave que afanar algo tão íntimo de uma senhora tão loura. Dessa vez, inclusive, ela nem chamou a polícia. Talvez não seja nem o caso de se confessar ao primeiro padre que encontrar. Do jeito que a Igreja Católica anda rigorosa com seus fiéis, capaz de excomungar a festa com todo mundo que estava dentro. Ainda que por razões diferentes o cantor Latino e o governador José Serra não liguem pra isso, esteve lá também o Roberto Carlos, gente! Já pensou se Deus encrenca com o Rei? Hare baba! - seja lá o que isso quer dizer -, né não?! FENÔMENO IMPREVISTOTeste da balança no Flamengo revela: Obina pode ter achado os quilos que Ronaldo perdeu! Não há alambrado que segure o artilheiro baiano na forma em que se encontra!EFEITO EVOJustiça seja feita, Lula nunca mascou folha de coca na ONU. Essas coisas a oposição não vê. Ô, raça! Fenômeno tem limiteO chato desse negócio do Ronaldo começar jogando é que quando ele faz gol no segundo tempo não tem mais forças para pular a placa publicitária e derrubar o alambrado.De caso com SPSusana Vieira está encantada com São Paulo. Diz ela que não tem paparazzo na cidade. Se quiser aparecer em revista de celebridade é só beijar muito o namorado novo no saguão do Aeroporto de Congonhas. Enfim, um paraíso!Fim de papoAécio Neves não vai começar por Itumbiara o giro que fará pelo País em defesa das prévias no PSDB para escolha do candidato do partido à Presidência. E não se fala mais nisso, ok?! Mistério inesperadoUma coisa não ficou clara na sessão pública do Senado que ouviu ontem o ministro Tarso Genro sobre o caso do refugiado italiano Cesare Battisti: o que motivou o curativo de bom tamanho no lado esquerdo do pescoço de Aloizio Mercadante? A uma altura dessas, imagino, só se fala disso em Brasília!Agenda positivaUma boa notícia, enfim, para quem está desempregado: Bill Gates parou de trabalhar em meados de 2008 e acaba de voltar a ser o homem mais rico do mundo no ranking da revista Forbes. Pense nisso!Marca registradaPablo Escobar, artilheiro do Santo André, tem nome de matador, né não?

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.