Haste parafusada no trilho do trem de parque caiu

Um inquérito policial vai investigar as causas do acidente com o brinquedo Aero-Trem, no Parque da Mônica, na Barra da Tijuca, zona oestedo Rio de Janeiro. Uma perícia preliminar, feita pela Defesa Civil e pelo Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE), constatou que uma haste, que prendia, por parafusos, o trilho do trem ao teto, caiu. Duas crianças ficaram feridas - uma delas gravemente - em conseqüência da queda do brinquedo.Segundo o delegado-adjunto da 16ª delegacia de polícia, Antônio Serrano, será feita neste domingo pela manhã uma nova perícia em todo o trilho, para investigar se há outros pontos onde poderiam ocorrer novos rompimentos.O policial afirmou não acreditar em problemas de manutenção, porque o parque foi inaugurado em novembro passado. Na segunda-feira, Serrano deve ouvir representantes do parque e do fabricante do brinquedo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.