Haxixe e submetralhadoras aprendidos em Maringá

A Polícia Federal em Maringá, no norte do Paraná, apreendeu 3.950 bolinhas de haxixe e duas submetralhadoras calibre 9 milímetros, no fundo falso de um Tempra, com placa de Curitiba. A droga e as armas vinham de Amambaí (MS) e provavelmente se destinavam ao Rio de Janeiro. Segundo a PF, Revelino Oliveira Rodrigues, 29 anos, natural de Coronel Sapucaia (MS), e Sílvio Antônio Casarin, de 32 anos, natural de Curitiba, foram presos e responderão por porte ilegal de arma e tráfico de entorpecente. Eles vinham sendo seguidos havia cerca de 20 dias, após denúncia anônima.Na vistoria feita no carro, nesta quarta-feira, descobriram-se dois fundos falsos no tanque de combustível onde estavam a droga e as armas, além de cinco carregadores e 213 munições intactas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.