Helicóptero com dois bombeiros cai em Niterói

O piloto foi resgatado com vida; bombeiros buscam pelo segundo tripulante que é primo da ex-governadora Rosinha Garotinho

Ludimila Honorato e Fábio Grellet, O Estado de S.Paulo

12 Abril 2017 | 19h34
Atualizado 12 Abril 2017 | 21h55

Um helicóptero particular com dois bombeiros a bordo caiu no mar, na Praia de Itacoatiara, Região Oceânica de Niterói, na noite desta quarta-feira, 12, por volta das 18h30.

O piloto, Paulo Roberto de Andrade Costa, conseguiu se salvar após saltar da aeronave durante a queda. Ele foi encaminhado para o Hospital Estadual Azevedo Lima, em Niterói. Ainda não se sabe o estado de saúde dele. Até às 20h30, mergulhadores tentavam resgatar o passageiro, identificado como Fábio Pestana de Barros, primo da ex-governadora Rosinha Garotinho. Ele teria submergido com o helicóptero.

Ainda não há informações sobre as causas da queda. No momento do acidente, chovia bastante na região, o que pode ter favorecido o acidente. Também não há dados sobre o percurso que o helicóptero fazia, apenas que era um modelo Esquilo.

Militares de cinco quartéis e a Polícia Militar estão no local realizando o resgate. A equipe trabalha com o apoio de embarcações e do grupamento marítimo. Segundo os bombeiros, a pouca visilibilidade devido ao horário atrapalha a operação.

Mais conteúdo sobre:
Corpo de BombeirosSÃO PAULO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.