Helicópteros resgatam pescadores no Rio

Dois pescadores ficaram feridos, quando o barco de 50 metros de comprimento em que estavam encalhou num banco de areia próximo à Restinga da Marambaia, na zona oeste do Rio de Janeiro.O acidente ocorreu às 23 horas deste domingo, mas os homens, com as pernas quebradas, só puderam ser resgatados na manhã desta segunda-feira por helicópteros.Vinte e um pescadores estavam no barco, especializado na pesca de atum, que seguia para a Ilha Grande, onde recolheriam iscas ? aquele tipo de peixe é capturado apenas em alto mar.As fortes chuvas e a densa neblina impediram que o mestre do atuneiro Europa, identificado apenas como Carlos, percebesse o banco de areia. Todos os tripulantes deixaram a embarcação e passaram a noite na praia.Uma onda arremessou os pescadores Alex Moreira, de 27 anos, e José Gabriel Vieira, de 37, contra o casco do atuneiro, quando eles tentavam chegar à areia. Eles tiveram fraturas nas pernas.De acordo com o dono do Europa, o português José Manoel Petito, de 46 anos, há 20 no Brasil, não houve avarias no casco do atuneiro. ?Graças a Deus os danos não foram maiores. O prejuízo financeiro é mínimo. Prejuízo maior é para os pescadores feridos?, afirmou.O Grupamento de Salvamento Marítimo (G-Mar) dos Bombeiros enviou, além de dois helicópteros, quatro embarcações para auxiliar no resgate do atuneiro. A tentativa falhou.Dois rebocadores seguiram para o local para liberar o Europa. O barco está a 50 quilômetros do G-Mar, próximo a uma área restrita do Exército.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.