Heloísa Helena condena Lula por acobertar corrupção no governo FHC

As propostas para um eventual governo saíram de cena em alguns momentos do debate da Rede Globo desta quinta-feira. Isso aconteceu, por exemplo, quando os candidatos à presidência da República Heloísa Helena, do PSOL, e Cristovam Buarque, do PDT, usaram o seu enfrentamento para criticar a postura do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.A candidata do PSOL condenou a atitude de Lula de acobertar a corrupção no governo Fernando Henrique Cardoso. "Eram muitas denúncias. O governo Lula, ao invés de apresentar os crimes, se acovardou e passou a patrocinar a mesma corrupção. Se ele estivesse aqui seria uma discussão para ver quem roubou mais e quem roubou menos."O comportamento de Lula como líder da esquerda no País também foi alvo de críticas. "Ninguém autorizou o presidente Lula a liquidar a esquerda socialista. Nós agora temos a obrigação de honrar sangue, suor, lágrima e juventude dos companheiros que lutaram pelo socialismo. Continuaremos dando vida à esquerda brasileira", disse a candidata do PSOL.Cristovam Buarque, ao iniciar o questionamento a Heloísa Helena, destacou que, apesar de ter saído do PT tem carinho pelo partido e, portanto, não quer abandonar a militância de esquerda. Heloísa Helena lembrou que não saiu do PT. "Eu fui expulsa", disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.