Heloísa Helena diz que Lula é "gângster"

A candidata à Presidência pelo PSOL, Heloísa Helena, classificou o presidente e candidato à reelição Luiz Inácio Lula da Silva de "gângster que chefia uma organização criminosa, capaz de roubar, matar, caluniar e liquidar qualquer um que passe pela sua frente ameaçando seu projeto de poder". A candidata se reuniu pela manhã com militantes no Aterro do Flamengo, antes de caminhar pela praia de Copacabana. Ao discursar, disse que as pesquisas que têm sido divulgadas não refletem o que ela tem visto nas ruas.Ela advertiu, no entanto, que é necessário maior empenho para chegar ao segundo turno. "Precisamos trabalhar muito. Não é uma eleição qualquer. Não estamos em uma disputa partidária. Estamos enfrentando uma organização criminosa, porque, com todo o respeito que tenho por algumas pessoas do PT, que são dignas, infelizmente o presidente Lula é um gângster".Heloísa Helena disse ainda que a verdade precisa ser dita porque ela é revolucionária "e nós, como cristãos, sabemos que não se pode usar meias palavras para enganar o povo. Ficamos tristes, é claro, porque ele é um ex-operário, filho do povo, retirante nordestino, nascido em uma família pobre, e para mim que também nasci de uma família pobre, nada de pior há do que ouvir setores de elite dizerem que o pobre nunca comeu melado e quando come se lambuza", disse. Depois da caminhada no Rio, a candidata deve deixar a cidade e seguir para Rondônia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.