Heloísa Helena pede ao TSE direito de participar de debates

A senadora Heloísa Helena (PSOL-AL) pediu nesta terça-feira ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que reconheça o seu direito de participar de debates entre os candidatos ao Palácio do Planalto que serão promovidos por emissoras de rádio e de televisão durante a campanha eleitoral. No dia 10 de julho o TSE publicou uma resolução na qual estabeleceu que terão direito de participar desses eventos os candidatos de partidos políticos que elegeram deputados em 2002. Heloísa Helena ressalta que o PSOL não existia em 2002 e, portanto, não poderia ter conquistado cadeiras na Câmara. Legalizado em setembro de 2005, o PSOL foi criado por dissidentes do PT. DemissãoHeloísa Helena anunciou que demitiu o funcionário de seu gabinete Antonio Jacinto Filho que enviou e-mails com a sua agenda de candidata à Presidência."Passei toda a minha vida com rigor ético, implacável, desafiando qualquer canalha do mundo da política", afirmou. "Infelizmente (o funcionário) é um bom pai, um bom rapaz, mas teve de ser demitido", disse. Ela acrescentou que nunca usou a gráfica do Senado, apesar de, segundo ela, ter esse direito.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.