Heloísa Helena pede que Lula desça do "pedestal da arrogância"

Com a voz rouca, "de tanto falar do alto de caixotes e de bancos pelo Brasil afora", a candidata do PSOL à Presidência da República, senadora Heloísa Helena (AL), pediu que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva "desça do pedestal de arrogância e covardia". E voltou a cobrar que o adversário participe dos debates.Heloísa Helena disse que não gosta de bater boca por meio da imprensa, embora tenha mandado o recado para o presidente. "Aprendi na minha casa, desde ´piveta´, a não falar pelas costas. Então eu quero mesmo que o presidente desça do pedestal de arrogância e covardia e vá aos debates."Ela fez um breve comício na Praça da Sé, centro da capital, para cerca de 500 pessoas, segundo a Polícia Militar. Jovens, militantes, sem-teto e freqüentadores do local se misturavam e ouviam a senadora. As flores, sempre presentes na campanha, ficaram nos braços o tempo todo - cerca de uma hora - enquanto "os companheiros" discursavam longamente.Sobre o aumento do preço do gás natural comprado da Bolívia, Heloísa afirmou que "subsidiar a tarifa é o que qualquer pessoa séria faria". Ao sair da praça, em direção ao táxi que a levou ao aeroporto - foi para Londrina, onde tem agenda na segunda-feira -, Heloísa pediu o "meu pacotinho", uma sacola de plástico vermelho, onde estava o casaco. Era fim de tarde em São Paulo e fazia 16 graus.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.